Venda mais: a Criatividade nas Vendas


Está precisando vender mais né? Mas, como? Ninguém quer saber dos seus produtos? Ninguém liga para compras? Se souberem que você é vendedor então, a conversa nem chega a começar...


Mas, todo mundo quer novas experiências, não é? Esse é um mundo novo e assim sendo, que tal trazer novas formas de interação, negociação e atendimento aos seus clientes e potenciais clientes? Para isso estou aqui, para apresentar-lhe o que a criatividade pode fazer por você:


1 – Conhecimento variado e diferente traz Criatividade

Cada novo conhecimento adquirido e absorvido, é como um ingrediente extra. Quanto mais ingredientes temos, há mais opções, em outras palavras, consegue-se criar mais receitas novas.

Claro que todo vendedor precisa conhecer muito bem o seu produto, o seu público e o seu mercado de maneira geral.


Mas, o que torna criativo é aquilo que você conhece além disso tudo. Ler sobre assuntos diferentes, ver filmes que normalmente não assistiria, conhecer mercados diferentes do seu, visitar países e culturas diferentes, ajuda no desenvolvimento da sua capacidade criativa.


Procure também estudar os motivos de uma empresa ter vencido em seu mercado, assim como, os motivos de uma empresa consolidada ter fracassado. O que aconteceu nos dois cenários? Houve influência interna ou externa? O mercado mudou? Como suas vendas caíram? Como seus produtos foram afetados? Surgiu um novo concorrente apresentado uma solução diferente, inovadora?


2 – Ligando os pontos

Como dissemos, quanto mais conhecimentos, mais ingredientes para uma nova receita. Isso acontece quando ligamos os pontos, quando fazemos associações. Quando questionamos e buscamos respostas em outros lugares que não é comum buscar, por exemplo, quando buscamos uma resposta para um problema de produtividade em uma prestadora de serviços de beleza em um case de uma montadora de carros.


Ou, quando buscamos replicar uma estratégia vencedora em um mercado muito diferente do nosso, ou ainda, quando buscamos mesclar estratégias de três mercados diferentes. Ter ideias é ligar pontos.


Portanto, a lógica é que você, vendedor, devido ao conhecimento do mercado e do produto/serviço que vende, conseguirá, mais naturalmente, realizar essas associações e obter ideias criativas voltadas à área de vendas. É mais fácil para um vendedor criar ações comerciais inovadoras para alavancar seus próprios resultados, do que um profissional que não possua conhecimento na área.


Pare um pouco para uma reflexão e tente fazer algo diferente que faça sentido, tente identificar quais ações ainda não foram realizadas que poderiam te ajudar a vender mais? Ou até mesmo, o que de diferente está sendo feito por outros vendedores de alto desempenho que você possa fazer ainda melhor? Como inovar? Ir além?


3 - Venda mais ajudando os clientes a alcançar os objetivos

A partir do momento que nos damos conta de que precisamos ajudar os clientes a satisfazer as suas necessidades, criamos empatia, e com isso, evitamos ficar presos a uma mentalidade focada em vender produtos.


A negociação, o negócio em si, precisará ser bom para ambos lados, caso contrário, perdemos o cliente no futuro bem próximo, ou pior, nem se consegue fechar o negócio. Como? Assim que um vendedor sai de uma reunião de vendas, a primeira coisa que compradores fazem é pesquisar na internet tudo o que podem sobre a empresa que ele representa.


Não há mais como esconder a verdade, assim, reclamações, frustrações, promessas não cumpridas e outros problemas que você pode ter tido há tempos atrás, podem impedir você de fazer negócios hoje.


Seus cases de sucesso do passado não são garantia de negócios futuros, apenas asseguram a sua competência, mas nem por isso as empresas têm que contratar o que você vende.

Posicione-se do lado dos clientes, mostre a eles que você pode ajuda-los a superarem seus desafios, suas dificuldades e a combaterem o prejuízo. Desta maneira, acabamos maximizando nossa capacidade de permanecermos flexíveis e criativos às necessidades dos clientes.


4 – Depoimentos

Verifique se seus atuais clientes estão satisfeitos com a sua empresa, com o seu produto/serviço. Então, peça para eles escreverem ou gravarem um vídeo falando sobre sua satisfação, um depoimento oficial.


Em seguida, aproveitando a oportunidade, peça para que pensem se existem colegas de trabalho, amigos ou familiares que também podem precisar dos seus produtos. Desta maneira, além de melhorar a reputação da empresa, consegue-se uma pequena lista de indicações, ou seja, potenciais clientes!


5 - Fidelize seus Clientes

Fidelizar é preciso! Invista em métodos para conectar o cliente à sua marca, concedendo benefícios, mimos, brindes. Isso deixa os atuais clientes felizes e sempre com a sua empresa na mente.


É uma das melhores formas de vender mais e melhor, pois um cliente fiel compra com frequência e ainda se torna garoto propaganda da marca, com grande potencial de indicação de novos clientes.


6 - Invista em Treinamentos

Se você é um gestor, treine seus vendedores. É fundamental possuir uma equipe de vendas bem preparada para chegar ao novo consumidor.


Agora, se você é um vendedor, não culpe a sua empresa pela falta de treinamento! Você precisa investir na sua própria carreira, a empresa pode ajudar, mas o principal responsável pelo seu estudo, é você mesmo!


Procure por cursos, e-books sobre vendas, treinamentos e palestras que estejam dentro do seu orçamento. E não esqueça de ser criativo, procure ir além da área de vendas, estude novas áreas, adquira novos conhecimentos, tudo fará parte do seu repertório, e assim, você terá conteúdo para ligar os pontos, lembra? Ligar os pontos traz ideias inovadoras!


Edson Luiz Pocahi

6 visualizações
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Pinterest
  • Instagram

© 2018 by PenseGrande.net           Fone/Whatsapp: (54) 98447 4494

0