O futuro das profissões: sua profissão está em risco?

Atualizado: 28 de Abr de 2019


Sua carreira está em extinção?


Robótica avançando, inteligência artificial cada vez mais presente e potencializada, novas tecnologias surgindo, o mundo está em um desenvolvimento tecnológico frenético que indicam uma tendência: a automatização tende a intensificar-se muito, e isso impactará profissões em todo o planeta, além disso, softwares cada vez mais modernos, que aprendem com os humanos e em um segundo momento, tomam as suas próprias decisões, invadirão o nosso dia a dia com o objetivo de simplificar a nossa vida, entregando agilidade, eficiência e comodidade.


Neste contexto, fiz um compilado de várias fontes, de diversos e especialistas, com o propósito de listar aquelas profissões que mais estão em risco de desaparecer em um futuro de médio prazo, vamos conferir?


Piloto de avião


Justificativa dos especialistas:

“o termo ‘piloto automático’ está longe de soar estranho. Atualmente, na maior parte do tempo sistemas computadorizados já pilotam as aeronaves. A interferência humana acontece especialmente nas etapas de decolagem e pouso, mas diversas empresas já fazem testes de aviões 100% autônomos. A BAE Systems testa um bimotor com 16 lugares e a empresa Universal Robots desenvolveu um braço robótico que foi capaz de pilotar um Boeing 737 com sucesso em um simulador. Data prevista: até 2030”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Carteiro


Justificativa dos especialistas:

“Com cada vez mais pessoas usando e-mails e redes sociais e sistemas de pagamento on-line, a função de entregador de cartas tende a registrar uma forte queda de demanda e, consequentemente, de oferta de empregos, de acordo com a Bureau of Labor Statistics. Perspectiva de retração de postos até 2022: -28%”. Fonte: CareerCast e U.S. Bureau of Labor Statistics


Em estudo da Universidade de Oxford, no Reino Unido, matemáticos calcularam a probabilidade de as profissões desaparecerem devido o avanço da inteligência artificial. Segundo eles, a probabilidade de o carteiro desaparecer é de 95%.


Anestesista


Justificativa dos especialistas:

“A gigante Johnson & Johnson desenvolveu o robô Sedasys que aplica com sucesso anestesias em pacientes que serão submetidos a tratamentos mais simples em clínicas e hospitais. O custo por procedimento cai de US$ 2.000 para US$ 150 e um médico é capaz de acompanhar múltiplos procedimentos em paralelo assim como acontece nas cirurgias com robôs. Apesar da venda do produto ter sido suspensa recentemente para maturação, os testes feitos em quatro hospitais americanos evidenciaram que em um futuro breve esta profissão deve ser automatizada. Data prevista: 2025”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Agricultor/Trabalhador do campo


Justificativa dos especialistas:

“No campo, é cada vez mais comum o uso de máquinas que realizam várias tarefas com maior rapidez do que o homem. Salário médio anual nos EUA: US$ 69.300. Perspectiva de retração de postos até 2022: -19%”. Fonte: CareerCast e U.S. Bureau of Labor Statistics


“automação de lavouras, máquinas agrícolas guiadas remotamente, análise do plantio através de drones e estufas gerenciadas com sistemas inteligentes podem mudar o cenário do campo. Quando: até 2025”. Consultoria EY.





Repórter e jornalista da Imprensa Escrita


Justificativa dos especialistas:

“em termos objetivos, escrever não é exatamente um problema para a inteligência artificial. Desde 2014, a Associated Press usa softwares inteligentes para escrever relatórios quadrimestrais de faturamento. Segundo o The Verge, mais de 3.000 relatórios são produzidos por inteligência artificial a cada trimestre. Não é fora de propósito vislumbrar que sites de conteúdo poderão existir, no futuro próximo, sem nenhum humano envolvido na produção deste conteúdo. Quando isso será realidade? Até 2025”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


“Perspectiva de retração de postos até 2022 nos EUA: -13%”. CareerCast e U.S. Bureau of Labor Statistics


Engenheiro de software


Justificativa dos especialistas:

“engenheiros de software são escassos e têm altos salários especialmente no Vale do Silício. Ainda estamos na era da transformação digital dos negócios e isso requer exércitos de programadores. Estamos entrando na era onde a inteligência artificial e os frameworks de programação em alto nível permitem que software gere mais software. Desta forma, devemos ter uma gradual redução na demanda por engenheiros de software e um aumento na demanda de analistas de negócio capazes de modelar processos para que sejam então automatizados por ‘programadores robôs’. Quando? Até 2027”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Analista de investimento


Justificativa dos especialistas:

“um terço das vagas de trabalho nos bancos de investimento em Wall Street desapareceram desde o ano 2000, segundo o autor futurista Martin Ford. Isso não aconteceu apenas pela digitalização das operações que eliminou andares de pessoas ao telefone comprando e vendendo ações. Os robôs que operam em alta frequência (HFT) já representam hoje mais de 50% das operações diárias no mercado americano de ações. A competição não é mais pelo melhor analista, mas pelo melhor algoritmo capaz de entender as condições do mercado e tomar decisões de investimento. Quando? Até 2023.” Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Contador e auditor


Justificativa dos especialistas:

“dois movimentos complementares devem impactar estas profissões: digitalização dos processos e aumento no uso de Blockchain. Contadores ainda estão envolvidos com tarefas que podem ser automatizadas em grande escala sendo a brasileira Contabilizei um exemplo de disrupção nesta área (a startup é considerada a empresa contábil mais inovadora do mundo segundo a Fast Company). Além disso, com as criptomoedas e registro de operações em Blockchain, o conceito de contabilidade desaparece, visto que todas as transações são públicas e tecnicamente impossíveis de serem fraudadas. O mesmo vale para auditores. Quando? Até 2030”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


“cálculos provavelmente passarão a ser feitos automaticamente, graças à integração dos sistemas públicos e privados. Quando: até 2025”. Fonte: Consultoria EY





Headhunter e recrutador (RH)


Justificativa dos especialistas:

“a convergência entre poderosos algoritmos de inteligência artificial, especialistas entre traçar o ‘match’ entre demanda e oferta, vai substituir a busca curricular tradicional. Muito além do que o uso de filtros, esses algoritmos são capazes de avaliar fotos, vídeos, posts e e-mails enviados por pessoas. Vivemos também a era da exposição virtual a todo momento, muito mais do que o currículo que uma pessoa envia para uma empresa, já é prática comum entrevistadores e psicólogos utilizarem essas fontes para entender o perfil do candidato. O fluxo será o mesmo, mas desta vez feito por robôs. Vale lembrar também que reviews de competências e a satisfação com trabalhos passados devem estar armazenados no Blockchain dentro de 10 anos, criando um sistema de review público no estilo Uber para todos os profissionais. Quando? Até 2023.” Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Assistente jurídico


Justificativa dos especialistas:

“soluções que utilizam inteligência artificial, apoiadas no Watson, da IBM, por exemplo, já conseguem realizar tarefas repetitivas de análise de processos e termos jurídicos com eficiência e precisão muito maiores do que quando as mesmas tarefas são realizadas por seres humanos. Advogados que executam atividades que dependem de interpretação e deduções subjetivas continuarão sendo cada vez mais valiosos, mas assistentes jurídicos, principalmente em início de carreira, que realizam as tarefas repetitivas inerentes à atividade jurídica, fatalmente, serão substituídos por soluções de inteligência artificial. Data: a partir de 2020”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Analista financeiro


Justificativa dos especialistas:

“analistas capazes de avaliar as contas e as finanças de uma empresa já foram considerados indispensáveis pela sua capacidade de identificar tendências que poderiam causar impacto significativo no negócio em um piscar de olhos, permitindo ajustes temporais de estratégia ou portfólio que poderiam gerar bilhões em economia. Mas analistas humanos não conseguem mais competir com softwares de análise financeira que usam inteligência artificial e que podem ler e reconhecer tendências em dados históricos para prever movimentos futuros de mercados. Data: até 2027”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


Corretor de seguro e analista de risco


Justificativa dos especialistas:

“a quase totalidade do que corretores de seguro e analistas de risco fazem hoje já pode ser feito por computadores utilizando big data e machine learning. Realização de cotações, cálculos de prêmio e custos de apólice, avaliação de riscos individuais e coletivos, ganham em eficiência e robustez, em termos de base de dados de referência, quando softwares parametrizáveis colocam nas mãos do segurado as possibilidades de simulações e contratação dos seguros de forma automatizada. E, à medida em que novas ferramentas incorporem inteligência artificial, o processo decisório na realização de um seguro será completamente automatizado, tornando os profissionais em questão obsoletos. Data: até 2025”. Arthur Igreja e Alan Costa (AAA).


“setor cada vez mais focado em serviços sem intermediários”. Consultoria EY


Agente de viagens


Justificativa dos especialistas:

“Com a internet, diversas empresas fornecem on-line planos de viagens para turistas que desejam planejar suas férias sozinhos, o que reduz a contratação dos agentes de viagens para as lojas físicas. Salário médio anual nos EUA: US$ 34.600. Perspectiva de retração de postos até 2022: -12%”. Fonte: CareerCast e U.S. Bureau of Labor Statistics


Operador de telemarketing


Justificativa dos especialistas:

“vagas que envolvem tarefas repetitivas caminham para a extinção. Aquelas que exigem imaginação e estratégia prometem durar um pouco mais. A probabilidade desta profissão desaparecer é de 99%”. Matemáticos da Universidade de Oxford, Reino Unido.


O site CareerCast estima que a profissão desapareça até 2025.


A consultoria EY também estima esta data para o desaparecimento, “substituição quase completa por atendimento digital”.


Motorista de táxi


Justificativa dos especialistas:

Especialistas no setor automotivo são taxativos: em no máximo 15 anos, haverá mais carros automáticos e sem motoristas do que veículos como os que circulam hoje. “Vai demorar um pouco até que os motoristas desapareçam totalmente, mas é óbvio que há profissões que vão desaparecer. É algo que vemos na história econômica há muito tempo”, diz diretora-adjunta do departamento de inovação e concorrência do Observatório Francês de Conjuntura Econômica (OFCE), Sarah Guillou.


Segundo os matemáticos de Oxford, a probabilidade de o taxista desaparecer no futuro é de 89%.


“No longo prazo, quando chegarem os carros autônomos, a profissão de taxista e de motorista privado será desnecessária. A pergunta que surge é: de quem serão os carros que vão rodar nas cidades? As montadoras vão querer ser donas de todos os carros? Provavelmente, não, por causa dos altos custos de manutenção. A minha visão é da economia de compartilhamento. As pessoas continuarão comprando carros, terão a propriedade, mas vão alugá-los quando não estiverem usando”. Dennis Wang, diretor executivo do Easy (antigo Easy Taxi).



Esperamos que tenha gostado deste apanhado, desta pesquisa que fiz em várias fontes sobre um assunto que mexe com o mundo do trabalho, e claro, com a sua carreira! Fique atento às mudanças, assim como existem as profissões em extinção, existirão novas que ainda não sabemos o nome, o importante é estar sintonizado com as mudanças, acompanhar a tecnologia, e estar sempre atualizado, para isso, cursos são a melhor escolha, estudar sempre será necessário, pois o homem está sempre aprendendo, sempre em evolução.


Para saber mais cadastre-se aqui e faça a sua carreira decolar!


Forte abraço!


Edson Luiz Pocahi


Fontes: https://infograficos.oglobo.globo.com/economia/emprego/as-10-profissoes-em-vias-de-extincao.html

https://exame.abril.com.br/carreira/estas-profissoes-podem-acabar-ate-2030-ao-menos-para-os-humanos/

https://oglobo.globo.com/economia/profissao-de-taxista-sera-desnecessaria-diz-diretor-do-easy-taxi-20495895

https://gauchazh.clicrbs.com.br/economia/noticia/2018/03/dentista-advogado-programador-veja-quais-profissoes-podem-desaparecer-cjeube3db03pz01p4nzuxul5c.html

https://www.gazetadopovo.com.br/economia/pos-e-carreira/substituido-por-um-algoritmo-sim-isso-pode-acontecer-com-varias-profissoes-dlkybome844w02iu4ytgjxnh0/

https://www.tecmundo.com.br/carreira/109733-confira-profissoes-devem-sumir-alta-2025.htm



159 visualizações
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Pinterest
  • Instagram

© 2018 by PenseGrande.net           Fone/Whatsapp: (54) 98447 4494

0