A Importância de Fazer o Orçamento Mensal


Fazer seu orçamento mensal é o começo da virada, o primeiro e talvez mais importante passo na gestão das suas finanças pessoais. O orçamento mensal é a ferramenta mais eficaz para verificar se há, e quanto é, a sua disponibilidade financeira mensal, disciplinar os seus hábitos financeiros e fazer crescer o seu patrimônio.


Abaixo, você confere dicas importantes para fazer o seu orçamento mensal:


- Tome nota de todas as suas despesas:


Para criar o seu orçamento, será necessário saber onde você gastou o seu dinheiro. Despesas feitas com cartão de crédito ou cheque são mais fáceis de acompanhar, pois os valores ficam registrados. Já em dinheiro vivo não tem registro, e isso requer disciplina no controle, todo gasto em dinheiro deverá ser anotado e depois repassado a sua planilha. Nada de sacar o dinheiro no banco, e sair gastando sem controle. No final do mês, não sabe porque acabou o dinheiro. Você pode se surpreender quando começar a fazer isso, uma boa parte da sua receita pode estar sendo gasta com coisas supérfluas.


- Não basta fazer, é preciso acompanhar o seu orçamento:


Não adianta fazer o orçamento mensal uma vez e depois esquecer. Se você criar o hábito de fazer todos os meses, ficará mais fácil acompanhar sua evolução e prevenir distorções ou erros seus (alguma despesa esquecida, por exemplo). É sempre melhor descobrir isso antes e tomar as providências devidas, do que descobrir tarde demais que acabou o dinheiro no banco.


- Seja pessimista nas suas previsões de receitas e despesas:


Ao prever suas receitas e despesas, não conte com o ovo dentro da galinha. É melhor ter surpresas positivas do que negativas ao longo do ano, ao descobrir que você foi pessimista demais com a previsão de despesas e receitas. Não esqueça que as despesas de início de ano como IPTU, IPVA e material escolar, impactam seus orçamentos mensais de janeiro e fevereiro, e você deve poupar algum dinheiro nos meses anteriores para esse compromisso. Ah, e não se esqueça da inflação: as suas despesas vão aumentar em relação ao ano passado, não diminuir.


- Faça uma poupança de longo prazo:


Separe no mínimo 10% das suas receitas mensais para investir na sua aposentadoria. Claro que se você tiver dívidas com cartão de crédito ou cheque especial, a prioridade será essa, mas entre comprar um bem e poupar, a preferência deveria ser a poupança. A tranquilidade de amanhã se constrói hoje, e isso se faz com disciplina para poupar.


- Tenha uma reserva para emergências:


Além de se livrar das dívidas, o ideal seria construir também uma reserva para emergências. O valor para tal seria de 3 a 6 meses de suas despesas. Esse valor serviria para alguma emergência como um acidente ou mesmo desemprego.


Cadastre-se aqui e tenha acesso no seu e-mail a dicas poderosas de Finanças Pessoais, e para aqueles que realmente querem viver uma vida financeiramente tranquila, disponibilizamos uma planilha Excel muito fácil de usar para você criar o seu Orçamento Mensal.

0 visualização
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Pinterest
  • Instagram

© 2018 by PenseGrande.net           Fone/Whatsapp: (54) 98447 4494

0